Zen

Centro de Terapias Orientais e Holísticas

Fitoterapia Chinesa

 

 

A fitoterapia chinesa é uma dos grandes sistemas terapêuticos no mundo, fazendo parte do conjunto de terapias da  Tradicional Medicina Chinesa.

 

Tem origem na dinastia Qin e Han (entre  221 a.c. até 22 d.c.), com o  clássico da matéria médica fitoterápica chinesa Shen Nong Bem CaoJing com as primeiras  365 substâncias registradas e usadas ate hoje; Na atualidade existem catalogados mais de  12.000 substâncias!

 

Um sistema amplo, que compreende a ação energética e funcional das plantas a fundo. Na visão chinesa, cada planta, mineral, animal que tenha função terapêutica, age nos meridianos de energia do corpo, em todas as subtâncias, orgãos e visceras e nas energias yin e yang. Cada planta portando é escolhida de acordo com sua natureza, função e ação nos meridianos de energia, orgãos, visceras, substâncias de acordo com a necessidade.

 

O objetivo, é que uma fórmula possa restaurar o equilíbrio energético e consequentemente funcional, aliviar dores e promover o equilíbrio energético, fisico e emocional da pessoa. 

 

Após uma avaliação profunda de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, é feito um diagnóstico energético, e produzido uma fórmula individual. Cada subtância, se relaciona com as demais susbtâncias a fim de tratar os padrões de adoecimento da pessoa tratada de maneira holística e singular.

 

A fitoterapia chinesa tem uma ação mais intensa sobre as energías materiais  do corpo do que a acupuntura, pelo fato que na  acupuntura as agulhas irão estimular o corpo a produzir estas substâncias o que em algumas desarmonias pode ser lento.

 

Na Fitoterapia, as ervas tem uma ação mais intensa pela ingestão da substância e pela ação energética.  Por exemplo,  em alguns casos como sintomas do climatério, artrites e  artroses, edemas, anemias, falta de nutrição adequada dos tecidos, falta de energia,  algumas questões emocionais, para citar alguns exemplos, sua ação é mais intensa e rápida.

 

Normalmente utilizamos a fitoterapia chinesa em quados que ela pode ser mais rápida que a acupuntura pela desarmonia tratada, ou quando é um quadro mais grave, tanto sozinha, quanto associado a outros tratamentos.

 

A fitoterapia não substitui um tratamento médico que a pessoa esteja a fazer, sendo ela complementar.

 

O tratamento é muito seguro, tendo milênios de uso e experimentação.

 

Recomenada-se uma avaliaçãoe indicação feita por um profissional da fitoterapia chinesa para o uso correto da terapêutica.